Direção Nacional de Florestas

A Direcção Nacional de Florestas (DINAF) é uma Instituição do Estado responsável por assegurar o acesso, uso e aproveitamento racional dos recursos florestais e tem-se empenhado na implementação de várias acções com vista a Assegurar a Gestão Sustentável e Transparente dos Recursos Naturais e do Ambiente para a presente e futuras gerações de moçambicanos”.

E tem como funções:

• Elaborar a actualizar normas e procedimentos sobre a gestão sustentável de todos tipos de ecossistemas de recursos florestais;

• Assegurar o licenciamento, maneio, protecção, investigação, conservação controlo e monitoria do uso de recursos florestais;

• Assegurar o repovoamento florestal para fins comerciais, energéticos, protecção e conservação;

• Assegurar a avaliação quantitativa e qualitativamente dos recursos florestais

• Estabelecer medidas de prevenção e controlo das queimadas descontroladas;

• Garantir a utilização sustentável da biomassa lenhosa;

• Desenvolver acções de combate à exploração e comercialização ilegal dos recursos florestais;

• Gerir e administrar o comércio de espécies de flora ameaçadas e em perigo de extinção no âmbito da Convenção Internacional para o Comércio de Espécies em perigo de extinção CITES;

• Promover a utilização racional de espécies florestais secundarizadas e de produtos florestais não madeireiros;

• Promover o processamento dos recursos florestais e assegurar a utilização de tecnologias apropriadas;

• Promover a participação comunitária na gestão sustentável dos recursos naturais; 

• Desenvolver e implementar sistemas de gestão de informação florestal;

• Publicar informação de inventários e mapeamento geoespacial em formatos de Relatórios, mapas como resultados de levantamentos efetuado;

• Garantir a participação do sector de florestas nos eventos nacionais e internacionais de questões ligados ao sector de florestas.